ADVERTORIAL

Aposentada de 58 anos volta a correr maratonas sem dificuldades depois de uma simples mudança de hábito.

No início de 2021, algo incrível aconteceu na vida de Maria Antônia que mudou toda a sua perspectiva de vida. Entenda melhor como aplicar o mesmo hábito em sua vida!

Maria Antônia Lopes vive um dos casos surpreendentes de 2021! Agora, aos 58 anos voltou a disputar provas de corridas de longas distâncias, sem os incômodos que sentia nos joelhos e tornozelos. 

Mas porquê Maria Antônia é um dos casos? Isto porquê ela é uma dos pacientes da doutora Érica Maeda; nutricionista que está recebendo prêmios pela exposição de trabalhos realizados e resultados alcançados com seus pacientes, apenas com suplementação alimentar. 

Nós do G3 Mais Saúde, buscamos trazer até nossos leitores histórias exemplares de qualidade de vida e superação, por isso entramos em contato com a Maria Antônia, que sentia dificuldades para se locomover e hoje disputa provas de até 21 km de distância!  

Veja na íntegra a entrevista realizada pelo nosso portal:

Eduardo Arruda - Jornalista

“Maria Antônia, primeiramente muito obrigada por nos receber!  Você está entre os casos de sucesso dentre os pacientes da Dr. Érica Maeda. Você poderia dividir com a gente um pouco da sua vivência?”

“Maria Antônia, primeiramente muito obrigada por nos receber!  Você está entre os casos de sucesso dentre os pacientes da Dr. Érica Maeda. Você poderia dividir com a gente um pouco da sua vivência?”

Maria Antônia Lopes

“Que isso querido! Eu é quem agradeço por poder dividir minha história com vocês!… Bom, minha situação era a seguinte:  em 2017 desenvolvi alguns problemas que não me permitiram mais fazer uma série de atividades normais do dia a dia. Comecei a sentir dificuldades para me agachar ou até mesmo para sentar. E com isso veio uma depressão profunda…”

“Que isso querido! Eu é quem agradeço por poder dividir minha história com vocês!… Bom, minha situação era a seguinte:  em 2017 desenvolvi alguns problemas que não me permitiram mais fazer uma série de atividades normais do dia a dia. Comecei a sentir dificuldades para me agachar ou até mesmo para sentar. E com isso veio uma depressão profunda…”

Eduardo Arruda - Jornalista

“E como você descobriu o que estava acontecendo? Como foi achar a solução para estes problemas?”

“E como você descobriu o que estava acontecendo? Como foi achar a soluçãopara estes problemas?”

Maria Antônia Lopes

“Olha, foi um ‘Deus nos acuda’ na época, meu marido ficou muito sobrecarregado no seu emprego e o trabalho de me levar aos diversos médicos que eu consultava. Não quero falar sobre isso em público, mas me decepcionei muito com alguns deles. Até que, por indicação de uma amiga eu soube do trabalho da Dra. Érica e marquei com ela uma consulta. “

“Olha, foi um ‘Deus nos acuda’ na época, meu marido ficou muito sobrecarregado no seu emprego e o trabalho de me levar aos diversos médicos que eu consultava. Não quero falar sobre isso em público, mas me decepcionei muito com alguns deles. Até que, por indicação de uma amiga eu soube do trabalho da Dra. Érica e marquei com ela uma consulta. “

Eduardo Arruda - Jornalista

“… mas afinal, o que eram esses problemas?”

“… mas afinal, o que eram esses problemas?”

Maria Antônia Lopes

“Depois de consultar com a Dra. Érica, eu vim a saber que eram inflamações nas minhas articulações, principalmente nos joelhos e tornozelos, por isso minhas dores nas pernas e dificuldades para realizar os movimentos. E infelizmente estas inflamações já estavam em um estágio avançado, desgastando as cartilagens das minhas articulações, por tanta demora com consultas que não levaram à nada, eu desenvolvi um quadro de artrose. “

“Depois de consultar com a Dra. Érica, eu vim a saber que eram inflamações nas minhas articulações, principalmente nos joelhos e tornozelos, por isso minhas dores nas pernas e dificuldades para realizar os movimentos. E infelizmente estas inflamações já estavam em um estágio avançado, desgastando as cartilagens das minhas articulações, por tanta demora com consultas que não levaram à nada, eu desenvolvi um quadro de artrose. “

Eduardo Arruda - Jornalista

“Que situação Maria Antônia, mas que bom que o desfeixo da sua história é feliz. Conte pra gente como foi que você saiu dessa! “

“Que situação Maria Antônia, mas que bom que o desfeixo da sua história é feliz. Conte pra gente como foi que você saiu dessa! “

Maria Antônia Lopes

“Com outros médicos eu fiquei muito apavorada com o que eles falavam que eu deveria ter, e pior ainda com o que eu deveria fazer. Graças a Deus eu descobri a OrthoCaps através da Dra. Érica. Tudo que eu precisava fazer e não sabia, era melhorar meus níveis de produção de colágeno.”

“Com outros médicos eu fiquei muito apavorada com o que eles falavam que eu deveria ter, e pior ainda com o que eu deveria fazer. Graças a Deus eu descobri a OrthoCaps através da Dra. Érica. Tudo que eu precisava fazer e não sabia, era melhorar meus níveis de produção de colágeno.”

Eduardo Arruda - Jornalista

“Foi difícil pra você se adequar à esta suplementação?”

“Foi difícil pra você se adequar à esta suplementação?”

Maria Antônia Lopes

“Muito pelo contrário! As cápsulas são desenvolvidas em uma quantidade diária ideal para reposição, e além disso, elas agem no sistema imunológico, revertendo meus processos inflamatórios, as dores e protegendo meu organismo do desgaste das cartilagens nas articulações. Foi fácil, e em cerca de 2 meses eu já conseguia me exercitar, e hoje eu tenho uma vida plena e saudável.”

“Muito pelo contrário! As cápsulas são desenvolvidas em uma quantidade diária ideal para reposição, e além disso, elas agem no sistema imunológico, revertendo meus processos inflamatórios, as dores e protegendo meu organismo do desgaste das cartilagens nas articulações. Foi fácil, e em cerca de 2 meses eu já conseguia me exercitar, e hoje eu tenho uma vida plena e saudável.”

Coordenado pela Dra. Érica Maeda, professora e uma das nutricionistas mais famosas do Brasil, o tratamento à base de suplementação de colágeno realizado por ela têm livrado muitas pessoas de seus sofrimentos.

Érica Maeda é nutricionista com especialização em doenças ósteo-cartilaginosas e aclamada por sua notoriedade na área. 
Foto: Reprodução

Entramos em contato e pedimos a ela que falasse sobre o tema, e sobre essa nova alternativa desenvolvida por suplementação e que está resgatando pessoas de quadros complicados de doenças ósteo-cartilaginosas.

Eduardo Arruda- Jornalista

“Obrigado por receber nós da equipe ‘g3 mais saúde’ Doutora Érica! Gostaríamos que nos dissesse um pouco mais sobre o colágeno no organismo e suas consequências se for possível.”

“Obrigado por receber nós da equipe ‘g3 mais saúde’ Doutora Érica! Gostaríamos que nos dissesse um pouco mais sobre o colágeno no organismo e suas consequências se for possível.”

Dra. Érica Maeda - Nutróloga

“Eu agradeço pelo espaço!… O colágeno é muito procurado por suas propriedades no cabelo e pele. O que poucas pessoas sabem é que ele é uma proteína que nutre muitas outras partes do corpo como a coluna vertebral e joelhos por exemplo, e que a deficiência dele pode resultar em problemas bem mais complicados que a estética. “

“Eu agradeço pelo espaço!… O colágeno é muito procurado por suas propriedades no cabelo e pele. O que poucas pessoas sabem é que ele é uma proteína que nutre muitas outras partes do corpo como a coluna vertebral e joelhos por exemplo, e que a deficiência dele pode resultar em problemas bem mais complicados que a estética. “

Eduardo Arruda- Jornalista

“Você poderia citar alguns exemplos?”

“Você poderia citar alguns exemplos?”

Dra. Érica Maeda - Nutróloga

“Claro!! A deficiência de colágeno pode com o tempo se transformar em inflamações nas articulações como a artrite, que evoluem para perda ainda maior de colágeno o que chamamos de artrose. Estas são as mais comuns, mas existem outras como a osteoporose, a sarcopenia que é a perda grave de força muscular… Além claro da dificuldade de cicatrização na pele , cabelos quebradiços entre outras.”

“Claro!! A deficiência de colágeno pode com o tempo se transformar em inflamações nas articulações como a artrite, que evoluem para perda ainda maior de colágeno o que chamamos de artrose. Estas são as mais comuns, mas existem outras como a osteoporose, a sarcopenia que é a perda grave de força muscular… Além claro da dificuldade de cicatrização na pele , cabelos quebradiços entre outras.”

Eduardo Arruda- Jornalista

“São muitas consequências né? Mas qual seria na sua opinião a melhor dica para quem gostaria de se previnir dessas doenças?”

“São muitas consequências né? Mas qual seria na sua opinião a melhor dica para quem gostaria de se previnir dessas doenças?”

Dra. Érica Maeda - Nutróloga

“Eu prezo muito por uma medicina de prevenção, então uma boa alimentação sem dúvida é a melhor prevenção. Logicamente temos dificuldades para se alimentar especificamente de colágeno, por isso uma suplementação para repor estes níveis é sempre bem vinda. Para doenças osteocartilaginosas é importante o consumo do colágeno tipo II que age no isistema imunológico, protegendo a degradação das cartilagens.” 

“Eu prezo muito por uma medicina de prevenção, então uma boa alimentação sem dúvida é a melhor prevenção. Logicamente temos dificuldades para se alimentar especificamente de colágeno, por isso uma suplementação para repor estes níveis é sempre bem vinda. Para doenças osteocartilaginosas é importante o consumo do colágeno tipo II que age no isistema imunológico, protegendo a degradação das cartilagens.” 

Essencial para firmeza e sustentação dos tecidos conjuntivos, o colágeno é indispensável para derme, epiderme, músculos e ossos.
Vídeo: Reprodução

A Dra. Érica Maeda ainda relatou à equipe G3 Mais Saúde, que o colágeno do tipo II é a opção ideal para proteção das cartilagens pois consegue produzir linfócitos (células de defesa) que cessam a degradação das cartilagens e auxiliam a produção desta proteína para que haja reposição. 

Segundo ela, este é considerado o ponto chave para que tenha obtido sucesso em seus trabalhos, pois poupa seus pacientes de procedimentos complexos apenas com uma simples mudança de hábito ao indicar a suplementação com o colágeno do tipo II. Por isso fomos à fundo e pedimos à ela uma dica incrível para vocês!

Eduardo Arruda- Jornalista

“Bem doutora, estamos chegando ao final da nossa entrevista, agradecemos mais uma vez sua disponibilidade, e se fosse possível você poderia deixar uma super dica para nossos leitores?”

“Bem doutora, estamos chegando ao final da nossa entrevista, agradecemos mais uma vez sua disponibilidade, e se fosse possível você poderia deixar uma super dica para nossos leitores?”

Dra. Érica Maeda - Nutróloga

“Por nada, o prazer foi meu! Uma sugestão que deixo para todos é fazer uso diário de colágeno do tipo II para que fortaleçam os músculos, os ossos e as cartilagens. Existem muitas marcas no mercado que podem ser ingeridas sem efeitos colaterais, eu costumo indicar aos meus pacientes o colágeno tipo II da OrthoCaps que é ótimo e muito prático por conter a quantidade diária ideal por cápsula. Fica essa dica ai! “

“Por nada, o prazer foi meu! Uma sugestão que deixo para todos é fazer uso diário de colágeno do tipo II para que fortaleçam os músculos, os ossos e as cartilagens. Existem muitas marcas no mercado que podem ser ingeridas sem efeitos colaterais, eu costumo indicar aos meus pacientes o colágeno tipo II da OrthoCaps que é ótimo e muito prático por conter a quantidade diária ideal por cápsula. Fica essa dica ai! “

Portanto, à vocês que nos acompanharam até aqui: através da Érica, entramos em contato com o laboratório que desenvolveu o colágeno tipo II OrthoCaps™, para oferecer à vocês uma super vantagem! Mas antes conheça algumas vantagens desse suplemento, confira:

Vantagens do OrthoCaps™

Como faço para comprar?

O Portal G3 entrou em contato com o fabricante do OrthoCaps™ no Brasil, e como forma de agradecimento à matéria publicada ele nos disponibilizou frete totalmente grátis, somente para nossos leitores.

Também nos informaram que depois do sucesso do tratamento indicado por Érica, muitas marcas começaram a distribuir o colágeno em cápsulas no Brasil. 

Entretanto, não podemos afirmar que estas variedades tenham eficácia comprovada; pois a única que de fato apoiou o tratramento de Érica foi a OrthoCaps™, sendo a única autorizada à partilhar destas pesquisas.

Somente através do site oficial, você terá total certeza de receber o produto original com 30 dias para testar. E o melhor, eles asseguram o dinheiro de volta como garantia. 

Para aproveitar a promoção, basta clicar na imagem abaixo ou neste LINK ESPECIAL, que o desconto será aplicado automaticamente.

© Copyright 2000-2021 Portal G3 Comunicação e Participações

34.453.293/0001-84

Aviso Legal: Disclaimer

 

Todos os depoimentos neste anúncio são de pessoas reais. Alguns dos clientes apresentados receberam produtos gratuitos para experimentar em troca de seus comentários.

 

Embora não seja garantido, foram feitos todos os esforços para representar com precisão nossos produtos e seu potencial. De acordo com as diretrizes mais recentes da Anvisa, queremos deixar explicitamente claro que os depoimentos e cartas de clientes que recebemos são resultados excepcionais, não se aplicam ao comprador médio e não têm a intenção de representar ou garantir que alguém alcance o mesmo ou resultados semelhantes. O desempenho geralmente esperado de nossos produtos em relação a qualquer aplicação específica não foi validado cientificamente e não podemos e não faremos promessas em relação aos seus resultados específicos.

 

Orthocaps©​ é aprovado pela Anvisa nos termos da RDC 240 de 26/07/2018, sendo dispensado de registro, pois é avaliado como 100% Seguro para o consumo da população.

 

AVISO: Os resultados podem variar de pessoa para pessoa a fórmula de saúde não garante, que obterá 100% do resultado obtido das pessoas deste artigo. Este produto não se destina a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Esta informação não constitui aconselhamento médico e não deve ser considerada como tal. Consulte o seu médico antes de modificar o seu regime médico regular.

Imagens meramente ilustrativas